NBA – Considerações rápidas sobre a 1.a rodada dos playoffs

Publicado em 04/05/10
1

Lebron James sendo marcado (observado) por Luol Deng

Cleveland Cavaliers 4 X 1 Chicago Bulls: o Cleveland foi o melhor time da temporada com 61 vitórias e 21 derrotas. Lebron James foi eleito MVP pela 2.a vez consecutiva. O Bulls não teve a menor chance.

Orlando Magic 4 X 0 Charlotte Bobcats: o Charlotte, recém-adquirido por Michael Jordan, não ofereceu nenhuma resistência ao Orlando. Foi a única “varrida” da primeira fase. Obs.: os americanos utilizam o termo sweep (to sweep = varrer) quando o time perdedor não consegue nenhuma vitória na série (The Bobcats were swept by the Magic).

Atlanta Hawks 4 X 3 Milwaukee Bucks: equilibrada, foi a única série a ir para o 7.o jogo. Brandon Jennings, calouro sensação dos Bucks, pode não ter levado o prêmio de Rookie of the Year, mas mostrou muita maturidade na armação do time. Sem o pivô Andrew Bogut, ninguém esperava que a série fosse se estender tanto.

Boston Celtics 4 X 1 Miami Heat: Dwyane Wade certamente está entre os 5 melhores jogadores da liga, mas o resto do time não ajuda. O Celtics está mostrando força na hora certa, depois de passar a temporada inteira em banho-maria.

KB24 vs KD35

KB24 vs KD35

Los Angeles Lakers 4 X 2 Oklahoma City Thunder: não é o Lakers que envelheceu e, sim, o Thunder é que cresceu muito. Kevin Durant mostrou que já é uma superestrela aos 21 anos (foi o jogador mais novo a conseguir o título de cestinha da temporada regular). Ainda assim, prevaleceu a experiência do time do Lakers. Ter o Kobe Bryant no time ajuda também, é claro.

Dallas Mavericks 2 X 4 San Antonio Spurs: gosto tanto do Nowitzki, mas ele não consegue levar o Dallas adiante, mesmo com um time bom a seu redor. O Spurs é um time perigoso e muito experiente.

Phoenix Suns 4 X 2 Portland Trail Blazers: se o Brandon Roy não tivesse jogado lesionado, o Blazers talvez tivesse melhor sorte. No Phoenix, Steve Nash e Amaré Stoudemire formam uma dupla infernal, muito difícil de ser marcada.

Denver Nuggets 2 X 4 Utah Jazz: esperava mais do Carmelo Anthony e dos Nuggets. Do outro lado, o Deron Williams (D-Will), do Utah Jazz, vem jogando muito e é talvez o melhor armador (point guard) da NBA na atualidade (há controvérsias, hein!).

Logo, logo, vem o bolão das semifinais de conferência! Enquanto isso, fique com o vídeo das melhores jogadas da 1.a fase dos playoffs da NBA (eu gosto da jogada n.o 6, arremesso matador do Paul Pierce no final!).

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!