Um jogo, muita política

Publicado em 17/09/18

Aprendendo na prática como o sistema político brasileiro funciona, alunos da eletiva “Economia, Políticas Públicas e Tecnologias Sociais: agenda e projetos para o Brasil”, da 2.a série do Ensino Médio, participaram de atividade baseada no “jogo da política”.


Acompanhados pelos professores de Geografia, Pedro Coelho e Leda Silva, os alunos ganharam um tabuleiro especial: havia 28 casas, cada uma representando um setor do governo federal, e peças que, ao todo, significavam o orçamento anual para os gastos públicos.


Dessa forma, os estudantes se dividiram em grupos e cada grupo, baseado nas próprias pesquisas, organizou o jogo como achava que correspondesse à realidade. Depois todas as equipes discutiram as diferenças entre seus tabuleiros e, ao final, o professor mostrou como foi a real organização do governo federal.


Pedro conta que, para os alunos, foi um choque descobrir algo que não tinham levado em conta: as dívidas do Estado, que consomem cerca de 60% do orçamento. “Foi um jeito bem lúdico para que eles vivenciassem as dificuldades que envolvem distribuir esse dinheiro”, contou ele. A atividade também desenvolveu a cidadania dos alunos. “Um dia eles irão votar. Ganharam uma noção maior de como funciona o setor público”, completou ele.

“Foi muito interessante para mim, especialmente porque, se eu lesse uma tabela ou um gráfico, provavelmente não teria o mesmo impacto”, disse a aluna Melissa Yasunaka, da 2.a série do Ensino Médio, acrescentando ainda que o jogo permitiu o debate entre os colegas.

“É do pensar diferente que surge a discussão. A gente aprendeu a argumentar, defender nosso ponto de vista e também a entender que, às vezes, estamos errados e precisamos ceder para entrar em acordo”, concluiu Melissa.

Temas relacionados: , ,
Compartilhe por aí!
Use suas redes para contar o quanto o Band é legal!

mais de Ciências Humanas